sábado, 16 de junho de 2007

Poema no ar

by P@ulo Monti

Escrevo um poema no ar!
Bêbado de amor, feito louco,
Cego, de tanto querer,
Usado, feito o último sorriso que não me deste.
Escrevo um poema no ar!
Esvaziado de palavras,
De sentimento,
Equilibrista nesta falta de ti.
Escrevo poemas!
Sem sal,
Destemperados como tua inconstância,
Frios, pela falta do calor do teu abraço.
Escrevo.
Escrevo um poema nestes dias em que desencontro contigo.
Eis que, outros braços recebem teus abraços.
Escrevo um poema no ar,
A saudar tua indiferença.
Releio os versos
Que não me escreveste
E te peço:
Devolve-me a alma roubada!

Um comentário:

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.